SINDICATO DOS AUDITORES FISCAIS DA RECEITA ESTADUAL DO RIO DE JANEIRO

ÁREA RESTRITA

|

Rivais focam ataques em Cabral, que fica irritado

Candidato à reeleição, governador do Rio ganhou dois direitos de resposta

Por conta de alianças com o PSDB e o DEM, Gabeira foi chamado de "ex-Gabeira" por nanico no debate de ontem

Os três adversários do governador Sérgio Cabral Filho (PMDB) deflagraram no debate de ontem uma blitz contra o candidato à reeleição, que, exaltado, chegou a pedir desculpas pela reação. Principal alvo dos oponentes, Cabral ganhou dois direitos de resposta.

No encontro, sobraram ataques até a Fernando Gabeira (PV), chamado de "ex-Gabeira" pelo nanico Jefferson Moura (PSOL) em razão de aliança com DEM e PSDB.
Cabral foi questionado sobre a contratação do escritório de sua mulher por concessionários do Estado, pelos maus resultados na educação, por casos de corrupção na área da saúde e pelos deslizamentos em Angra e Ilha Grande no início do ano.

O principal ataque partiu de Fernando Peregrino (PR), que questionou se Cabral achava "moral do ponto de vista público" o escritório de sua mulher, Adriana Ancelmo, prestar serviços para a Supervia, o Metrô e a Telemar. Acusou ainda o Estado de cancelar multa de R$ 836 milhões da última empresa.
"Minha mulher sempre foi advogada e será depois que eu sair." Disse ainda que a investigação foi arquivada.

Cabral demonstrou irritação, estourou seu tempo na resposta e pediu desculpa ao apresentador pela exaltação. Ligou ainda Peregrino ao ex-governador Anthony Garotinho (PR). "Só por causa da Lei da Ficha Limpa o senhor está ocupando o lugar dele."

"O senhor fala dele, mas participou, indicou secretários e usufruiu do governo Garotinho", disse Peregrino.
Atacado também por Gabeira, o peemedebista buscou ligar o verde ao ex-prefeito Cesar Maia (DEM).
Mas o principal ataque a Gabeira veio de Moura. "O senhor tem uma história política que eu admiro. Mas hoje, com as coligações que fez, parece um ex-Gabeira."

"Ex-Gabeira é aquele que não quer mais a revolução socialista que levou à tragédia em Cuba", disse o verde.

13/08/2010

 

Fontes de Notícias :