SINDICATO DOS AUDITORES FISCAIS DA RECEITA ESTADUAL DO RIO DE JANEIRO

ÁREA RESTRITA

|

Rioprevidência vai inaugurar Escola de Educação Financeira

Entidade ajudará servidores estaduais inativos e pensionistas, que têm, em média, 4,5 empréstimos consignados cada

Ensinar que poupar é uma boa medida para o presente e o futuro. E com esse objetivo que o Rioprevidência vai inaugurar, até novembro deste ano, sua Escola de Educação Financeira. Todos os cursos serão gratuitos e abertos não apenas aos servidores estaduais ativos, inativos e pensionistas, mas ao público em geral.

Segundo o diretor-presidente do órgão, Wilson Risolia, a ideia surgiu após uma pesquisa feita para conhecer a imagem do fundo de pensão entre segurados e outros membros do estado. O levantamento apontou que muitos não sabiam sequer o que era previdência.

- Precisamos educar essas pessoas. Muitas delas, mesmo depois de terem o benefício revisado, reclamam que estão ganhando pouco, mas isso acontece porque pegam muitos empréstimos. São tantos descontos que, efetivamente, chega dinheiro ao bolso - afirma Risolia.

Os números ajudam a sustentar o argumento de Risolia. Entre os 220 mil segurados do Rioprevidência, a média de consignados é de 4,5 por pessoa. Desses, mais de 90% quitam essas dívidas em 60 meses - o prazo máximo permitido pelo estado. Segundo o presidente do Rioprevidência, já houve o caso de um mesmo funcionário público descontar 13 empréstimos em seu contracheque.

A escola será aberta ao lado do centro cultural do órgão, no Maracanã. Serão duas salas, uma delas com computadores. Contando com o apoio de uma terceira sala, a escola poderá receber até 140 alunos por dia, divididos em dois turnos.

A professora aposentada Wilma Porto Macedo, de 74 anos, já participa do coral do Rioprevidência e pretende frequentar a escola.

- Quero fazer esses cursos. Sempre é hora para aprender a administrar melhor o dinheiro - diz. 
 

11/07/2010

Fontes de Notícias :