SINDICATO DOS AUDITORES FISCAIS DA RECEITA ESTADUAL DO RIO DE JANEIRO

ÁREA RESTRITA

|

PMDB foi quem mais perdeu nessa parceria com o PT

1. O PMDB, indicando o vice-presidente, se sentiu vencedor com a vitória de Dilma. Mas foi exatamente o contrário. Perdeu 10 deputados federais, perdeu 3 governadores, perdeu o prefeito de Porto Alegre. Ganhou 2 senadores - suplentes dos governadores eleitos do DEM.

2. E, olhando o futuro, ficou fora do jogo nos maiores estados - Rio Grande do Sul, Paraná, S. Paulo, Minas Gerais, Bahia e Pernambuco. E no Estado do Rio, onde venceu com grande vantagem, obteve uma vitória tática, e uma enorme derrota estratégica. O governador ajudou a ressuscitar o PT no Estado do Rio, que hoje, olhando para frente, se tornou mais forte que o PMDB.

3. O PMDB fez apenas 3 deputados federais, no RJ, de seu time de origem. O estilo pragmático-midiático do governador não deixou sucessor majoritário. Perdeu um excelente articulador na assembleia legislativa que não tem substituto no PMDB.

4. Abriu espaço para um enorme crescimento do ex-governador, seu desafeto. Deixou de apoiar o senador Crivella, que se elegeu, e com isso o PMDB perdeu sua vaga entre os 3 senadores do Estado do Rio. Crivella foi eleito pela dobradinha como senador de Garotinho e pagará essa divida em 2012, apoiando a deputada eleita, e filha do Garotinho, forte candidata a prefeita. Na região metropolitana não elegerá nenhum prefeito em 2012.

5. Conta com a possibilidade do senador eleito, Lindberg, não ser candidato a prefeito do Rio. Se for, na sua faixa de voto, elimina o prefeito do PMDB da disputa. Cabral não deixou sucessor para 2014. Em 2013 o PMDB-RJ estará desmontado. Que resultado!!! PT muy amigo.

10/11/2010

 

Fontes de Notícias :