SINDICATO DOS AUDITORES FISCAIS DA RECEITA ESTADUAL DO RIO DE JANEIRO

ÁREA RESTRITA

|

O discreto Pezão

Tem gente no PMDB achando que Pezão, provável candidato do partido ao governo em 2014, comeu mosca ao não aproveitar o horário eleitoral na TV para se tornar mais conhecido. Eles ressaltam que os prováveis adversários do vice-governador — Garotinho (PR) e Lindbergh Farias (PT) — apareceram com frequência em programas de aliados.
Mas Jorge Picciani, presidente do PMDB-RJ, discorda. Para ele, Pezão e o partido “respeitaram o calendário político”. “Isto só prova a nossa segurança em relação às eleições de 2014”, diz.

Desespero
Para Picciani, a corrida à TV demonstra desespero dos adversários. Segundo ele, Pezão, durante a atual campanha, se dedicou a azeitar a formação de chapas aliadas em diversos municípios e a cuidar de tarefas relacionadas ao governo do Estado.
 

COLUNA INFORME DO DIA - FERNANDO MOLICA - 01/10/2012
 

Fontes de Notícias :