SINDICATO DOS AUDITORES FISCAIS DA RECEITA ESTADUAL DO RIO DE JANEIRO

ÁREA RESTRITA

|

Mudança de Cabral

A concessão da anistia administrativa aos bombeiros foi resultado de muita insistência dos deputados Paulo Melo e André Corrêa, que convenceram Sérgio Cabral. Presidente da Assembleia Legislativa, Melo apelou para sua amizade com o governador: garantiu que a medida não abriria precedente para futuras rebeliões.
Líder do governo, Corrêa argumentou que, ao resolver a pendência, Cabral, muito criticado nos últimos dias, se livraria de um de seus problemas. Como a Alerj entra em recesso na quinta, o governador resolveu não alongar ainda mais a crise.

Pressão
No dia 22, Melo disse ao governador que queria seu apoio para propor a anistia. Cabral relutava, lembrava a quebra da hierarquia por parte dos bombeiros. Na segunda, Wilson Carlos, secretário de Governo, entrou no circuito e se reuniu com vários deputados.

A hora do sim
Ontem, às 16h40, Cabral deu o sim a Melo, que se comprometeu a aprovar, sem emendas, o projeto de reajuste apresentado pelo governo. Novos benefícios passarão a ser negociados pelo secretário de Defesa Civil, Sérgio Simões.

29/06/2011 – COLUNA INFORME DO DIA

 

Fontes de Notícias :