SINDICATO DOS AUDITORES FISCAIS DA RECEITA ESTADUAL DO RIO DE JANEIRO

ÁREA RESTRITA

|

Marco Antônio Cabral e Pezão, os fieis escudeiros

Vice e filho de governador o substituem quando agenda está apertada

O governador Sérgio Cabral já escalou seus representantes na reta final da campanha. A 11 dias das eleições, caberá ao vice-governador Luiz Fernando Pezão a missão de percorrer as principais favelas da capital pedindo votos. A seu lado, estará o jovem Marco Antônio Cabral — um dos filhos do governador — que é presidente da Juventude do PMDB-RJ.
Entre as comunidades escolhidas para serem visitadas até a eleição, estão os Complexos da Maré e do Alemão, beneficiadas pelas obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC), mas ainda não contempladas com Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs).
“Vou fazer campanha em todas, e tenho certeza de que não vou ter problema em nenhuma. O pessoal quer obra, e isso nós estamos fazendo, por isso o governo é bem aceito pelos moradores”, afirmou Pezão, que negou que irá avisar as associações de moradores com antecedência sobre sua visita às comunidades.

“Não preciso disso, toda semana estou nessas comunidades para ver como andam as obras. Todo mundo já sabe que vou”, destacou o vice-governador, que acumula o cargo de secretário estadual de Obras.

Há 40 dias, Pezão já vem fazendo uma peregrinação pelos 92 municípios do estado. Esta maratona eleitoral termina hoje, em visita às cidades de Paraty, Angra dos Reis e Mangaratiba. Em boa parte dessas viagens, Marco Antônio Cabral já substituiu o pai nas reuniões e corpo a corpo com os eleitores.

“A presença dele é muito importante, porque mostra que, mesmo não podendo ir por causa de compromissos de governo, o governador enviou o filho para pedir votos para nós. Essa história de que a eleição já está definida é conversa pra boi dormir”, ressaltou Pezão.
“Em todas as cidades que fui, caminhei, no mínimo, uma hora. Isso é melhor que qualquer regime”, brincou Pezão, que já está mais magro.

Governador promete UPPs
Ontem, o governador Sérgio Cabral foi a Nova Iguaçu e prometeu, caso seja reeleito, levar Unidades de Polícia Pacificadora (UPPs) para a Baixada já no primeiro ano de sua nova gestão. Ele prometeu também asfaltar todas as ruas de Itaboraí, São Gonçalo e da Baixada. O investimento, segundo ele, será de R$ 1,5 bilhão e já está disponível.

“Ainda em 2011, vamos chegar com as UPPs na Baixada. Meu compromisso é trazê-las para todas as comunidades dominadas pela marginalidade no estado”, disse.

Ao lado da prefeita de Nova Iguaçu, Sheila Gama (PDT), Cabral visitou o serviço de ressonância magnétiva móvel, na Praça Rui Barbosa, no Centro.
 

22/09/2010

Fontes de Notícias :