SINDICATO DOS AUDITORES FISCAIS DA RECEITA ESTADUAL DO RIO DE JANEIRO

ÁREA RESTRITA

|

Ações Judiciais

Teto do 2º Governo Brizola

Ação

Mandado de Segurança autuado sob o nº 0010360-39.1993.8.19.0000 (Órgão Especial do TJ/RJ)

Principais Movimentos

  1. Impetrado em julho/93;
  2. concessão da segurança em abril/94; transito em julgado em outubro/97;
  3. Execução em setembro/98; Embargos à Execução em abril/99;
  4. 2ª Execução em outubro/2002;
  5. Notificação interruptiva de prescrição em outubro/2002;
  6. Embargos à 2ª Execução em janeiro/2003;
  7. Acordo para pagamento dos atrasados de fev/95 a dez/98 homologado em outubro de 2009.

Objetivo

Coibir aplicação ilegal de corte salarial, incidente sobre da remuneração da Classe Fiscal, instituído no governo Brizola sob a rubrica “Excesso de lei nº 1373/88.

Integrantes

Auditores Fiscais sindicalizados na data da impetração.

Situação Atual

Pagamento dos precatórios da 1ª execução (período de julho de 1993 a janeiro de 1995). Formação dos precatórios das demais execuções.

Teto Garotinho

Ação

Mandado de Segurança autuado sob o nº 0028775-60.1999.8.19.0000 (Órgão Especial do TJ/RJ)

Principais Movimentos

  1. Impetrado em agosto/1999;
  2. Concessão da segurança em outubro/2000;
  3. Acordo celebrado em setembro/2002;
  4. Embargos à Execução em junho/2008;
  5. Julgamento dos Embargos à Execução em outubro/2011;
  6. Agravo Regimental interposto pelo Estado em outubro/2011.

Objetivo

Coibir aplicação ilegal de corte salarial, incidente sobre da remuneração da classe fiscal, instituído no governo Garotinho sob a rubrica “Emenda Const. Num 19/98”.

Integrantes

Auditores Fiscais sindicalizados na data da impetração.

Situação Atual

Autos na PGE para manifestação sobre cálculos do contador. Com a devolução dos autos haverá a remessa ao Ministério Público e ao SINFRERJ, para posterior decisão judicial do Agravo Regimental.

Contracheque único

Ação

Mandado de Segurança autuado sob o nº 0030265-20.1999.8.19.0000 (Órgão Especial do TJ/RJ)

Principais Movimentos

  1. Impetrado em agosto/1999;
  2. Liminar concedida em outubro/99;
  3. Decisão de mérito no Tribunal de Justiça em fevereiro de 2001.

Objetivo

Exigir o fim do cálculo do teto remuneratório por CPF, para que aqueles que têm duas matrículas no Estado, instituído pelo Decreto nº 25.168/99.

Integrantes

Auditores Fiscais sindicalizados na data da impetração, que possuíam acumulação lícita de cargos, pensão e vencimento, pensão e aposentadoria.

Situação Atual

Após cessação do cálculo do teto remuneratório por CPF na ocasião da celebração de acordo outubro de 2002, a execução dos atrasados segue nos autos do MS 779/99.

Pensão Especial – 1º Grupo

Ação

Ação de rito Ordinário autuada sob o nº 0183009-94.1999.8.19.0001 (9ª Vara de Fazenda Pública)

Principais Movimentos

  1. Proposta em dezembro/1999;
  2. Sentença favorável em agosto/2001;
  3. Confirmação da sentença no Tribunal de Justiça em setembro/2003
  4. Execução em março de 2009;
  5. Embargos à Execução em junho/2009.

Objetivo

Cobrar a devolução dos valores descontados em folha a título de contribuição previdenciária especial (pensão especial), em razão de sua extinção pela Lei nº 3.189/99.

Integrantes

Auditores Fiscais sindicalizados que contribuiriam para o regime especial de previdência e aderiram a ação (listagem no Sindicato)

Situação Atual

Processo aguardando decisão sobre habilitação de herdeiros.

Triênios

Ação

Ação de rito Ordinário autuada sob o nº 008908-44.2000.8.19.0001 (9ª Vara de Fazenda Pública)

Principais Movimentos

  1. Proposta em janeiro/2000;
  2. Sentença favorável em novembro de 2001;
  3. Confirmação da sentença no Tribunal de Justiça em junho/2002.

Objetivo

Exigir a concessão dos triênios adquiridos a partir de 1995, além de cobrar todos os valores que deixaram de ser pagos desde aquele exercício.

Integrantes

Auditores Fiscais sindicalizados que aderiram a ação (listagem no sindicato)

Situação Atual

Aguarda-se resposta de ofício, enviado para a SEFAZ, para que se possa liquidara sentença e executar os atrasados.

Devolução do Desconto Previdenciário – 1º Grupo

Ação

Autuada sob o nº 0019922-54.2002.8.19.0001 (6ª Vara de Fazenda Pública)

Principais Movimentos

  1. Proposta em fevereiro/2002, sentença favorável em outubro/2003 transito em julgado em julho de 2009;
  2. Citação em execução deferida em fevereiro de 2012;

Objetivo

Visa cobrar do Estado o desconto previdenciário instituído pela Emenda Constitucional nº 20/98.

Integrantes

Auditores Fiscais inativos que aderiram a ação (listagem no Sindicato)

Situação Atual

Processo aguarda decisão sobre habilitação de herdeiros, para prosseguimento da execução.

Devolução do Desconto Previdenciário – 2º Grupo

Ação

Autuada sob o nº 0146791-28.2003.8.19.0001 (5ª Vara de Fazenda Pública)

Principais Movimentos

  1. Proposta a ação em março/2003 sentença favorável em outubro de 2005, transito em julgado em junho de 2009;
  2. Início da execução em 2013;
  3. Embargos à execução em 2013.

Objetivo

Visa cobrar do Estado o desconto previdenciário instituído pela Emenda Constitucional nº 20/98

Integrantes

Auditores Fiscais inativos que aderiram a ação (listagem no Sindicato)

Situação Atual

Processo aguarda decisão sobre habilitação de herdeiros, para julgamento dos Embargos à Execução.

ADI Corregedoria

Ação

Ação Direta de Inconstitucionalidade autuada sob nº 4579 (STF)

Principais Movimentos

  1. Proposta em abril/2011, perante o STF, através do Partido Social Liberal

Objetivo

Declarar a inconstitucionalidade da LC 135/2009, que altera o artigo 110 da LC 69/90

Integrantes

 

Situação Atual

Em 29/11/2011 o Ministro Relator Luiz Fux, determinou a adoção do rito previsto no art. 12 da Lei nº 9.868/99 diante da indiscutível relevância e de especial significado para a ordem social e a segurança jurídica da matéria.

ADI da Lei 69/90

Ação

Ação Direta de Inconstitucionalidade autuada sob nº 2877 (STF)

Principais Movimentos

  1. Proposta em abril/2003, perante o STF, através do Partido Político PDT;
  2. Julgamento em novembro/2003, pretende seja decretada a inconstitucionalidade dos arts. 2º, 3º e 5º da LC 107/2003;
  3. Continuação do julgamento em junho/2004, pedido de vista dos autos pelo Ministro Joaquim Barbosa

Objetivo

Declarar inconstitucional toda a Lei Complementar Estadual nº 107/2003 que alterou a Lei Complementar nº 69/90, ferindo, dessa forma, direitos e prerrogativas da Classe Fiscal.

Integrantes

Situação Atual

Após decretada a inconstitucionalidade dos artigos 2º, 3º e 5º, da Lei Complementar 107/2003. Foi iniciado novo julgamento em 19/10/2006, onde a Ministra Ellen Gracie pediu vista dos autos. Aguardamos o retorno do processo a pauta de julgamento

RI LC 107/2003

Ação

Representação de Inconstitucionalidade autuada sob o nº 0010583-40.2003.8.19.0000 (Órgão Especial do TJ/RJ)

Principais Movimentos

  1. Proposta em fevereiro/2003, perante o TJ/RJ, pelo Sinfrerj;
  2. julgamento em novembro/2003, decretada a inconstitucional da expressão “auditores da auditoria geral do estado”, constante dos arts. 2º,3º e 5º, da LC 107/2003, bem como por inteiro aos arts. 2º, 3º, 5º e 19, incisos V, VI, VII, VIII, IX e § 5º, da citada Lei.

Objetivo

Declarar inconstitucional toda a Lei Complementar Estadual nº 107/2003 que alterou a Lei Complementar nº 69/90, ferindo, dessa forma, direitos e prerrogativas da Classe Fiscal

Integrantes

 

Situação Atual

Admitido pela 3ª Vice-Presidência do Tribunal de Justiça do Estado do Rio de Janeiro, em 02/08/2004, Recurso Extraordinário interposto pelo Estado. Em razão desta decisão os autos do processo serão remetidos ao Supremo Tribunal Federal

RI. Resolução SEF e PGJ nº 14/2006

Ação

Representação de Inconstitucionalidade autuada sob o nº 0020145-34.2007.8.19.0000 (Órgão Especial do TJ/RJ)

Principais Movimentos

Proposta em dezembro/2007, perante o TJ/RJ, pelo Sinfrerj;e a ADEPOL; decisão monocrática em março/2008 suspendendo o feito

Objetivo

Declarar inconstitucional a resolução conjunta SEF e PGJ nº 14/2006, que estabelece procedimentos para de apuração de infrações penais cometidas no âmbito da SEFAZ

Integrantes

 

Situação Atual

Ação suspensa em março/2008, aguardando julgamento definitivo da ADI 3806 em trâmite no STF

Férias fora do teto

Ação

Ação de rito Ordinário autuada sob o nº 0071819-38.2013.8.19.0001 (6ª Vara de Fazenda Pública)

Principais Movimentos

  1. Proposta em março/2013;
  2. Sentença desfavorável em junho/2015;
  3. Processo no Tribunal para julgamento de recursos em outbro/2015

Objetivo

Utilização da remuneração bruta do servidor como base de cálculo do 1/3 de férias.

Integrantes

Auditores Fiscais sindicalizados que aderiram a ação (listagem no sindicato)

Situação Atual

Aguarda julgamento de apelação do Sindicato

Férias sem IR

Ação

Ação de rito Ordinário autuada sob o nº 0502409-93.2014.8.19.0001 (3ª Vara de Fazenda Pública)

Principais Movimentos

Proposta em dezembro/2014 

Objetivo

Declarar a inexistência de relação jurídica que me obrigue a sofrer retenção do imposto de renda sobre o 1/3 de férias, bem como a restituição dos indébitos tributários dos último 5 anos

Integrantes

Auditores Fiscais sindicalizados que aderiram a ação (listagem no sindicato)

Situação Atual

Processo aguarda decisão sobre produção de provas (setembro/2015)