SINDICATO DOS AUDITORES FISCAIS DA RECEITA ESTADUAL DO RIO DE JANEIRO

ÁREA RESTRITA

|

Gabeira admite falta de dinheiro para fazer campanha no interior

Em busca dos votos do interior, o candidato ao governo do Rio pelo PV, Fernando Gabeira, visitou Cabo Frio e Arraial do Cabo, na Região dos Lagos, nesta quarta-feira, em seu primeiro ato oficial de campanha ao lado dos postulantes ao Senado de sua chapa, Cesar Maia (DEM) e Marcelo Cerqueira (PPS). Na inauguração de comitês locais, Gabeira disse que concentrará sua campanha na Região Metropolitana, onde estão 75% dos eleitores, mas em equilíbrio com o interior do estado, onde estão os outros 25% dos votos.

Para isso, ele afirmou que sua estratégia será estar presente nas cidades mais distantes da capital, além de apostar nas propagandas de TV, rádio e internet. Gabeira reconheceu dificuldades financeiras, neste início de campanha, para realizar essas ações (propagandas e viagens).
- A questão financeira é difícil. Estamos gastando o mínimo possível - explicou ele, após dizer que um dos motivos da visita a Cabo Frio também era conseguir um carro emprestado para sua campanha.

Gabeira afirma que visitará todos os municípios
O candidato prometeu, porém, visitar todas as cidades do estado e acrescentou ter esperanças de obter parte dos votos de Anthony Garotinho (PR), que desistiu de concorrer ao governo do estado , mas que as pesquisas apontavam ter uma votação expressiva no interior:

- Num primeiro momento, os votos do Garotinho podem ir para o Sérgio Cabral, mas muita gente só forma a opinião ao longo da campanha. Acredito que com a saída do Garotinho, o pleito ficou centralizado em dois candidatos no Rio. No mano a mano com Cabral, tem um espaço para crescimento.
Mas uma das dificuldades de Gabeira, contudo, pode ser o apoio de 91 dos 92 prefeitos a Cabral . Em Cabo Frio, por exemplo, o prefeito Marquinhos Mendes deve apoiar o gavernador, embora seja do PSDB, partido da coligação de Gabeira.

No fim da visita a Cabo Frio, militantes do PV fizeram um protesto usando uma faixa com os dizeres: "Estamos perplexos, o que é isso companheiro?" Tratava-se de uma reclamação por não terem sido avisados sobre a visita do candidato.
 

15/07/2010

Fontes de Notícias :