SINDICATO DOS AUDITORES FISCAIS DA RECEITA ESTADUAL DO RIO DE JANEIRO

ÁREA RESTRITA

|

Filha de Garotinho pode ser líder de oposição a Cabral

Eleita deputada estadual com a quinta maior votação do Rio, Clarissa diz que quer chegar ao Executivo

Quinta deputada estadual mais votada no Rio, Clarissa Garotinho (PR), 28, conciliou na campanha a proposta de "renovação" com a herança política dos pais, os ex-governadores Anthony Garotinho e Rosinha Matheus.

Clarissa pode se tornar uma das grandes vozes de oposição ao governador Sérgio Cabral na Assembleia fluminense -seu pai, o segundo deputado federal mais votado do país, disse à Folha que o PR vai lutar para tomar "o controle do Estado" em 2012, superando o PMDB, de Cabral, em prefeituras.

Nascida em Campos (Norte do Rio), ela é formada em jornalismo. Sua principal proposta na campanha foi a criação de vagas para jovens em empresas que recebam estímulos fiscais.

Apesar do apoio do PR a Dilma Rousseff (PT), Clarissa diz que votou em Marina Silva (PV) porque ela trouxe "uma coisa legal, moderna". No segundo turno, afirma que seguirá o partido.
Clarissa começou seguindo os passos do pai: apresentou programas nas rádios Melodia e Manchete. Em 2008, elegeu-se vereadora.

Clarissa atribui a votação do pai (695 mil votos) a "seguidores fiéis", que confiam em seu trabalho. Ela desconversa sobre pretensões de concorrer à prefeitura do Rio em 2012. Mas admite: chegar ao Executivo é um projeto.
 

06/10/2010

Fontes de Notícias :