SINDICATO DOS AUDITORES FISCAIS DA RECEITA ESTADUAL DO RIO DE JANEIRO

ÁREA RESTRITA

|

Desarmados

A bancada do Rio reclama que o governador Sérgio Cabral não deu retorno da conversa com a presidente Dilma, na sexta-feira, sobre royalties. O projeto, que prejudica o Rio, está na Câmara. Ele volta a se reunir com Dilma amanhã.

Royalties: Serra critica frouxidão
O ex-governador José Serra critica o Congresso por não adotar regras mais rígidas para o uso das receitas do petróleo por estados e municípios. Ele defende que nos três primeiros anos esse dinheiro deveria ser usado em investimentos fixos e, a partir do quarto ano, em custeio das ações decorrentes daqueles investimentos. No caso dos estados mais ricos, como São Paulo, ele sugere criar um fundo e usar apenas o rendimento em áreas como Educação, Saúde ou Previdência
O Senador Aécio Neves (PSDB-MG) esclarece que votou a favor do projeto de royalties aprovado, mas, que na votação anterior, apoiou proposta do senador Francisco Dornelles (PP-RJ) porque ela destinava R$791 milhões a mais para Minas Gerais.
O Governador Sérgio Cabral (RJ) continua apostando num veto da presidente Dilma na nova lei de redistribuição dos royalties do petróleo.
 

25/10/2011 - PANORAMA POLÍTICO
 

Fontes de Notícias :