SINDICATO DOS AUDITORES FISCAIS DA RECEITA ESTADUAL DO RIO DE JANEIRO

ÁREA RESTRITA

|

De olho nos lucros em 2014

Sebrae-RJ e Associação Comercial do Rio vão capacitar mais de 2 mil pequenos empresários para a Copa do Mundo

De olho nas oportunidades que vão surgir em todo o Brasil com a Copa e as Olimpíadas, principalmente no Rio, o Sebrae-RJ e a ACRJ (Associação Comercial do Rio de Janeiro) lançam hoje o Programa Sebrae na Copa 2014. O objetivo é capacitar micro e pequenos empreendedores de todo o estado para que aproveitem as chances de negócios que virão com os eventos esportivos.

A expectativa é preparar mais de 2 mil empresas até 2014. Foram escolhidos 24 segmentos que têm identificação com os produtos e serviços mais exigidos, como Hotelaria, Construção Civil, Turismo Receptivo e Alimentação. O programa será levado aos 12 estados onde ocorrerão jogos.

O diretor superintendente do Sebrae-RJ, Sergio Malta, afirma que o Rio será o foco das oportunidades. “Já houve aumento do turismo, só com os anúncios. Vamos ter o Centro de Mídia, a final da Copa e as Olimpíadas. Turistas vão vir muito mais para cá do que para outros lugares”, diz. Segundo ele, o programa será mais robusto no Rio, e a intenção é obter o máximo de aproveitamento.

Também hoje será apresentado o andamento do Programa Sebrae nas Comunidades Pacificadas, que se dedica a formalizar empreendedores individuais em locais com Unidades de Polícia Pacificadora (UPP). Até agora, o projeto já chegou a Pavão-Pavãozinho, Cidade de Deus, Cantagalo, Santa Marta, Chapéu Mangueira, Babilônia e Borel. As próximas serão as demais comunidades com UPPs. Segundo o Sebrae-RJ, a adesão tem sido grande. “Os empreendedores têm participado muito, até além das expectativas”, comemora Malta.
 

27/09/2010

Fontes de Notícias :