SINDICATO DOS AUDITORES FISCAIS DA RECEITA ESTADUAL DO RIO DE JANEIRO

ÁREA RESTRITA

|

Remoções inexplicadas na Fazenda preocupam chefes e categoria

Na terça-feira passada (03/09/2019) foram publicados atos do Secretário de Fazenda removendo de ofício dois auditores e uma auditora lotados em órgãos centrais para auditorias de fiscalização. Os processos tramitaram de forma incomum – foram abertos no RH e a sua publicação saiu em tempo recorde.

Tais movimentações foram feitas sem qualquer comunicação aos chefes imediatos das repartições às quais os colegas estavam vinculados e nem aos daquelas para as quais eles foram realocados. Segundo informações, nem a Superintendência de Fiscalização foi consultada, fato corroborado pela lotação completamente divergente das prioridades explicitadas pela área.

Na quinta-feira, um grupo de superintendentes, preocupados com o clima de insegurança gerado, procurou o Subsecretário da Receita. Receberam a informação de que a administração superior da Sefaz apresentaria aos chefes a motivação das remoções, o que acabou não ocorrendo até o fim da semana. Durante a reunião, cerca de 20 auditores se dirigiram ao 19º andar para apoiar a iniciativa.

O Sinfrerj aguarda o posicionamento da Fazenda, com a apresentação de justificativas técnicas para a realização de tais atos, aparentemente arbitrários, que alcançam inclusive um diretor sindical.

Tão logo as chefias recebam os esclarecimentos, solicitaremos que estes sejam repassados para toda a categoria.

A Diretoria