SINDICATO DOS AUDITORES FISCAIS DA RECEITA ESTADUAL DO RIO DE JANEIRO

ÁREA RESTRITA

|

Relato AGE

Add To Any

Em AGE realizada em 10/03/2016, os Auditores Fiscais da Receita Estadual deliberaram por concentrar-se apenas no item 1.1 da pauta originalmente divulgada (assunto: autonomia administrativo-financeira da Receita Estadual).

A ênfase exclusiva neste item deveu-se à revolta da categoria em face ao desrespeito do Governo ao tratar desigualmente as carreiras de Estado. No mínimo, isso denota falta de reconhecimento do empenho da classe na busca de recursos nesta fase tão difícil pela qual passa o Rio de Janeiro.

Destaque-se também no encontro a presença de Auditores Fiscais que hoje ocupam cargos na alta administração.

Neste sentido, ficou decidido que:

1. Haverá imediato indicativo de operação padrão, seguida de greve, bem como indicativo de entrega de cargos;

2. Será solicitada uma reunião de representantes da categoria (Sinfrerj e alta administração da Receita, além da representante da classe no CSFT) com o Governador;3. Nesta reunião, o Governador será informado do profundo descontentamento em que se encontram os Auditores Fiscais em razão do tratamento desrespeitoso comentado acima;

4. Ainda nesta reunião, será apresentada proposta de imediata abertura de negociações entre a categoria e o Governo visando a supracitada autonomia;

5. A AGE permanecerá em aberto;

6. No dia 22 de março (data a ser confirmada, pois depende de disponibilidade de espaço), a classe voltará a reunir-se para a continuidade da AGE. Na oportunidade, caso o Governo se recuse a receber a categoria ou não aprove a abertura das negociações pretendidas, a categoria decidirá os rumos do movimento;

7. Os demais itens da pauta original serão debatidos em momento oportuno, já que a assembleia continuará em aberto.