SINDICATO DOS AUDITORES FISCAIS DA RECEITA ESTADUAL DO RIO DE JANEIRO

ÁREA RESTRITA

|

Recuperação Fiscal e a luz do fim do túnel

Entrevista recente do Secretário de Fazenda do Rio de Janeiro, Luiz Cláudio de Carvalho, colocou cores fortes no quadro de desequilíbrio fiscal do estado, minorado pelas condições favoráveis proporcionadas pelo Regime de Recuperação Fiscal (RRF). O que tem entrado no caixa permite apenas ajustes pontuais, como o pagamento dos salários e dos principais fornecedores. É pouco.

Atento à crise, o Sindicato dos Auditores Fiscais da Receita Estadual (Sinfrerj) adianta que será preciso reinventar a Fazenda, com base no incremento dos recursos tecnológicos e materiais. “Colocar a receita em outro patamar garantirá os recursos para recuperar, efetivamente, as finanças estaduais”, diz o representante da categoria, Pedro Gonçalves Diniz Filho.

A preocupação não começou ontem, pois a mensagem dos auditores foi repassada aos candidatos ao governo estadual, já na última eleição. Na esteira da famosa frase de Benjamin Franklin, o Sinfrerj alerta: “Se nada mudar, a quebra ao fim do RRF será tão certa quanto a morte e os impostos”.

FONTE: PORTAL ANNA RAMALHO (WWW.ANNARAMALHO.COM.BR) - 09/05/2019