SINDICATO DOS AUDITORES FISCAIS DA RECEITA ESTADUAL DO RIO DE JANEIRO

ÁREA RESTRITA

|

Nota de Esclarecimento: Paulo Ramos

Add To Any

Prezado Senhor Deputado Paulo Ramos,

Em razão de suas declarações em plenário no dia 28/07/2016, o Sindicato dos Auditores Fiscais do Estado do Rio de Janeiro – Sinfrerj – gostaria de prestar os seguintes esclarecimentos:

1.Não vemos sentido nas suas afirmativas de que os Auditores Fiscais se consideram uma “casta superior” ou que pertenceriam a uma “suposta elite”. Como quaisquer servidores públicos, temos papéis legais e constitucionais a desempenhar. Seriam os parlamentares uma casta superior por serem os únicos com a prerrogativa de votar os projetos de leis? E quanto a nós, os Auditores Fiscais, faríamos parte de uma suposta elite pelo fato de termos a prerrogativa de lançar o tributo, vale dizer, calcular e exigir o imposto devido pelo contribuinte? Temos certeza de que não.

2. Infelizmente, não somos os titulares da Fazenda, para poder atender as demandas dos demais servidores desta instituição. E nem devemos encaminhá-las, pois deles não recebemos qualquer delegação.

3. Operamos como qualquer outro sindicato: lutamos politicamente para garantir os interesses de nossa categoria. Nesse sentido, o que os nossos êxitos têm de diferente dos de qualquer outra associação, para serem rotulados pelo verbo “locupletar”?

Atenciosamente,

Geraldo Miguel Vila Forte Machado
Presidente do Sinfrerj