SINDICATO DOS AUDITORES FISCAIS DA RECEITA ESTADUAL DO RIO DE JANEIRO

ÁREA RESTRITA

|

Nova lei ajuda o Rio na disputa por mercado

Está na mesa do governador em exercício, Cláudio Castro, para ser sancionado, o Projeto de Lei 2772, de autoria do próprio Poder Executivo, aprovado pela Alerj, em uma votação esmagadora com 56 votos a favor e 8 contra. Ele é fruto de um longo estudo da Secretaria Estadual de Fazenda e um amplo debate, com audiências públicas, na Assembleia Legislativa, que contou com a participação de várias entidades do setor produtivo fluminense. Quando o governador oficializar a nova lei, a certeza dos empresários é que amenizará a concorrência desleal hoje praticada por alguns que estão sediados em terras capixabas. A propósito, a nova lei abraçada pelos deputados, pode se dizer, é "copiada" do estado do Espírito Santo. Pelos estudos da Fazenda, será recuperada a competitividade, ofertas de emprego e vai ser dinamizado outros setores como os portos e o de transportes.
Diante de um cenário tão conturbado e de tantos fatos negativos, em um raro consenso do Executivo e Legislativo, surge a esperança para a retomada da economia fluminense. O que ninguém entende é como o Rio de Janeiro, segundo mercado consumidor do Brasil, possa perder para estados concorrentes somente porque apresentam uma base tributária competitiva, e por isso mais atraente. A discrepância dos últimos anos fez com que muitos empresários deixassem o Rio e se instalassem em Minas, São Paulo e no próprio Espírito Santo. O projeto deve entrar em vigor 30 dias após a sua publicação.E poderá ser entendido como a primeira real vitória de Cláudio Castro depois que assumiu o lugar de Witzel.

O DIA – COLUNA INFORME DO DIA

Fontes de Notícias :