SINDICATO DOS AUDITORES FISCAIS DA RECEITA ESTADUAL DO RIO DE JANEIRO

ÁREA RESTRITA

|

Estado avança na transformação digital dos processos administrativos

O Governo do Estado, desde janeiro deste ano, tem avançado no processo de transformação digital. A partir da implementação do Sistema Eletrônico de Informação (SEI), os processos administrativos físicos estão sendo substituídos e, até o início de 2020, a meta é acabar com a utilização de papel pelas secretarias e órgãos estaduais. Liderada pela Secretaria de Estado de Casa Civil e Governança, a iniciativa visa à economia de recursos públicos, além de promover uma transparência maior das informações da administração do estado aos cidadãos fluminenses. 

- Embora seja uma ação proposta pela Secretaria da Casa Civil, o Governo como um todo é impactado, uma vez que o SEI é uma ferramenta que vai dialogar com as secretarias e órgãos estaduais ao mesmo tempo. Além disso, a iniciativa fomenta a melhoria da gestão pública, a partir do mapeamento dos principais fluxos de trabalho, onde é possível enxergamos os gargalos e oportunidades. A administração pública do Executivo do Rio de Janeiro está a frente deste movimento de transformação digital e segue alinhado às tendências da governança corporativa atual – explicou o subsecretário de Planejamento, Orçamento e Gestão, Bruno Schettini. 

Atualmente, 28 órgãos do governo já utilizam o SEI, com cerca de 188 mil processos eletrônicos. Isso representa, na prática, uma economia estimada de R$ 16 mil. Há ainda o ganho ambiental – com menos circulação de papel, 546.403 documentos deixaram de ser impressos em dois anos, o que representa que 76 árvores e 21 mil kw de energia foram poupadas. Desenvolvido pelo Tribunal Regional Federal da 4ª região (TRF4), o SEI foi disponibilizado de forma gratuita ao Governo do Rio e não há custos financeiros de manutenção e atualização do sistema. 

A transformação digital chegará ao cidadão do Rio de Janeiro, que terá à disposição um módulo do SEI em formato de peticionamento eletrônico. Órgãos, como Detran.RJ, vão começar a aderir ao sistema com o intuito de agilizar a rotina das pessoas que precisam dos serviços, tais como a emissão de carteira de habilitação, por exemplo. 

- Este será mais um canal de comunicação entre o Governo do Estado e a população fluminense. Pelo sistema, o cidadão poderá fazer pedidos, reclamações e solicitações sobre os serviços estaduais. Hoje, as mais pastas que mais utilizam o SEI são a própria Casa Civil, a secretaria de Fazenda, o Rio Previdência e a Polícia Militar – falou o superintendente de Gestão por Processo da Secretaria da Casa Civil, Fernando de Oliveira, que ainda acrescentou:

- É uma mudança de cultura que estamos promovendo no estado. O serviço público, que por vezes era conhecido como burocrático e lento, terá, com a digitalização dos processos, mais celeridade, transparência e produtividade. Estamos avançando com rapidez para que esta gestão seja marcada pela total transformação digital da administração pública estadual – finalizou.

 

Fontes de Notícias :