SINDICATO DOS AUDITORES FISCAIS DA RECEITA ESTADUAL DO RIO DE JANEIRO

ÁREA RESTRITA

|

Decisão sobre posse de seis deputados presos por suspeita de corrupção é adiada

Inicialmente prevista para quarta-feira, a decisão da Assembleia Legislativa de empossar ou não seis deputados presos preventivamente foi adiada. Na segunda-feira, o presidente da Alerj, André Ceciliano (PT), e o procurador-geral da Casa, Rodrigo Lopes Lourenço, foram recebidos pelo presidente do Tribunal Regional Federal da 2ª Região (TRF-2), desembargador André Fontes, para discutir o assunto e tirar dúvidas. Mas Ceciliano não chegou a uma conclusão e deve deixar a solução do caso para sexta ou segunda-feira

A decisão de dar posse aos presos está nas mãos dos 13 deputados que compõem a Mesa Diretora, entre eles Ceciliano. Alguns deles temem que, caso concedam os mandatos aos colegas, a Justiça suste o ato — o que geraria desgaste desnecessário junto à opinião pública. Procurados pelo GLOBO, os parlamentares não quiseram antecipar como vão votar. Apenas Ceciliano já se manifestou a favor da posse dos presos, mas sem salários e equipes.

Uma das poucas integrantes a falar sobre o assunto, a deputada Tia Ju (PRB) defendeu que a Alerj não delibere sobre a posse até que o plenário do TRF-2 se pronuncie:

— Já vimos ocasiões em que a Casa se precipitou e, com isso, teve atos posteriormente invalidados.

Fontes de Notícias :