SINDICATO DOS AUDITORES FISCAIS DA RECEITA ESTADUAL DO RIO DE JANEIRO

ÁREA RESTRITA

|

A conta não fecha

O deputado Renan Ferreirinha, presidente da Frente Parlamentar de Monitoramento do Regime de Recuperação Fiscal do Rio, prevê rombo no orçamento do Rio.

O governo do Rio prevê um rombo de R$ 19,7 bilhões no orçamento do ano que vem. Isto equivale a 34% da Receita Corrente Líquida (RCL) do estado. O deputado Renan Ferreirinha, que levantou os dados, conta que o Estado prevê arrecadar R$ 66,9 bilhões. Mas os gastos serão de R$ 86,6 bilhões.
Para 2020, o déficit projetado era de R$ 10 bilhões, mas acabou ajustado para R$ 22,8 bilhões. “Pode ser que o déficit previsto para 2021 seja mais realista.

Contudo, infelizmente, pode ser ajustado mais pra frente por um valor maior, como aconteceu este ano. Mas o problema continua sendo o mesmo: o estado do Rio gasta mais do que arrecada”, lamenta Ferreirinha, que, como presidente da Frente Parlamentar de Monitoramento do Regime de Recuperação Fiscal do Rio, acompanha os gastos do estado mês a mês.

O GLOBO – ANCELMO GOIS

Fontes de Notícias :