SINDICATO DOS AUDITORES FISCAIS DA RECEITA ESTADUAL DO RIO DE JANEIRO

ÁREA RESTRITA

|

Antecipação de salário de junho do estado ainda não é prevista

Ainda não há previsão de o salário de junho do funcionalismo estadual do Rio ser antecipado. Segundo o governador Luiz Fernando Pezão, é cedo para avaliar essa possibilidade. "Não dá para prever", disse ele à Coluna. Por outro lado, nos bastidores, diz-se que é garantido de o pagamento ocorrer no dia 13 de junho - que é o 10º dia útil e uma sexta-feira.

Fato é que o governo tem o objetivo de adiantar o depósito dos vencimentos dos servidores ativos, aposentados e pensionistas com salários mais baixos. O secretário estadual de Fazenda e Planejamento, Luiz Cláudio Gomes, inclusive já afirmou que a política de antecipação salarial será mantida sempre que possível, como ocorreu com o salário de abril.

Mas para o pagamento de junho sair antes do dia 13 dependerá do resultado da arrecadação perto do dia 10, próxima terça-feira.

O 10º dia útil passou a ser o prazo para depósito dos salários do pessoal do Executivo desde março de 2016 - a mudança da data foi estabelecida por decreto publicado naquele mês. Antes da crise, os vencimentos dos funcionários da ativa eram quitados no 2º dia útil. Já os aposentados recebiam no 1º dia útil do mês subsequente, e os pensionistas nos últimos cinco dias úteis do próprio mês-referência.

E, agora, uma das reivindicações do Movimento Unificado dos Servidores Estaduais (Muspe) é a retomada do calendário antigo. Mas, segundo Pezão, ainda não há como fazer isso.

 

O DIA - COLUNA DO SERVIDOR

Fontes de Notícias :